terça-feira, 21 de novembro de 2017

Último PV 2017 #Greenpeaceportoalegre - #Pensenoclima - #Defendaoscorais - #Chegadeagrotóxicos - #Fimdapoluiçaobalnearioalegria


Pelo titulo acima, pode ser constatado que o último Ponto Verde do ano, para o Grupo de Voluntários do Greenpeace de Porto Alegre, foi bastante intenso, já que muitas são as campanhas em alta no nosso país devido aos  últimos acontecimentos e atitudes governamentais. Mas, para nossa alegria, contamos com a presença de 10 (dez) voluntários para esse mega PV, e diga-se de passagem, voluntários qualificados e engajados na causa. 
Participaram deste Ponto Verde os ambientalistas: Cinthia Bordini, Luciele de Souza, Rafael Posselt, Marcio Marques, Styfane Alves, Edineia Motta, Reginaldo Porto Alegre, Luiz Boehl, Anderson Centeno e Guga Bastos. Além disso, pudemos contar com os filhos da voluntária Edineia, que não mediram esforços para dar mais brilho ainda ao nosso PV, vestindo fantasias do Bob Esponja, da baleia e da vaquinha. 
O mais interessante nisso tudo, foi o fato de que o evento se deu em três turnos, já que pela manhã teve a presença e colaboração de uma parte dos voluntários acima citados que poderiam permanecer, devido aos seus compromissos pessoais, até 12h40min. Nesse meio tempo, antes dos voluntários, que pela mesma razão, poderiam apenas colaborar à tarde, tivemos um turno intermediário, contando com o voluntário Reginaldo que, apesar de estar com alguns problemas de saúde, se fez presente para dar cobertura enquanto alguns saíram para refeições. 
Durante o PV, colhemos assinaturas para os abaixo assinados sobre o clima, #chegadeagrotoxicos, #defendaoscorais, bem como #chegadepoluiçãonobalneárioalegria O Balneário Alegria é localizado no município de Guaíba, RS. Neste, o Greenpeace está ajudando a população local a se defender das condutas inadequadas da empresa Celulose Riograndense que está prejudicando o meio ambiente e a saúde das pessoas. 
A população de Porto Alegre, muito receptiva, assinou com boa vontade, bem como posaram para as fotos para nossas campanhas. Pudemos contar, inclusive, com membros da proteção animal nos apoiando neste dia. De fato, encerramos com chave de ouro o ano de 2017.

Assine as Petições:  

Defenda os Corais  
Chega de Agrotóxicos  
Chega de Poluiçao no Balneário Alegria

Para acessar o álbum completo de fotos, clique AQUI!

Texto: Luciele de Souza 

sábado, 18 de novembro de 2017

Dia Mundial Sem Carro



A ação, Dia Mundial Sem Carro, foi realizada pelo Greenpeace Porto Alegre, no dia de hoje, 18 de novembro, em função das chuvas, não pode ser feita no dia 22 de setembro, que é a data oficial do evento que acontece em várias cidades planeta.


Foi uma ação vibrante, repleta de energia positiva, na qual tivemos presentes na ação, os voluntários verdes: Emerson Prates, Felipe Reginatto, Geórgia Zedes, Luciele Souza e Rafael Polsset.


A atividade de educação ambiental com motoristas foi uma parceria com a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), aconteceu no período da manhã, nas imediações da Usina do Gasômetro, na ocasião, os voluntários do Greenpeace estavam caracterizados com farda similar aos uniformes dos ficais da EPTC, e abordavam motorista no semáforo, informavam que se tratava de uma abordagem relacionada ao clima, sobre as emissões de CO2 que são liberadas cada vez que um carro transita pela cidade, também foi informado de como fazer bom uso do veículo ao transportar mais de uma pessoa evitando um número grande automóveis nas ruas da cidade, principalmente se tratando de veículos maiores. Caso o motorista estivesse sozinho no carro, o mesmo recebia uma multa simbólica, se dentro do veículo tivessem duas ou mais pessoas, o motorista era parabenizado pelo excelente serviço ao planeta. Uma ação de educação ambiental bem humorada, que de forma alegre levou informação aos condutores.



O Dia Mundial Sem Carro foi realizado dia 22 de setembro, em cidades do planeta, foram feitas atividades em defesa do meio ambiente e de qualidade de vida nas cidades. O objetivo é de desenvolver uma reflexão do uso excessivo de automóveis.
O movimento iniciou na França, em 1997. No Brasil, a cidade de São Paulo foi pioneira realizando as atividades desde 2003.

Grande parte da ação foi transmitida ao vivo via página oficial do Greenpeace Porto Alegre.

Texto: Felipe Reginatto
Fotos: Emerson Prates, Felipe Reginatto e Geórgia Zedes

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Ponto Verde e Oficina de Forno Solar na CAZON/FADERS

Alguns usuários ficaram até o último minuto da atividade para tirarem fotos com os voluntários. 
O Grupo de Voluntários do Greenpeace de Porto Alegre retornou, nesta terça-feira (14.11.17), na CAZON/FADERS em Porto Alegre, RS para realizar atividades lúdicas, customização de camisetas com pintura dos logos das nossas campanhas, oficina de forno solar e exibição de vídeos pedagógicos sobre meio ambiente com os internos da instituição.

Das 13h30 às 17h00 os voluntários Márcio, Luciele, Reginaldo, Anderson, Denise e Valdeci realizaram atividades contínuas e simultâneas no ginásio de esportes da CAZON/FADERS. Foram montados 4 estantes com atividades distintas onde os usuários poderiam escolher em que atividade gostariam de participar.

 Exibição de vídeos sobre meio ambiente
Em um local do ginásio, foi montado um auditório com telão e data show onde eram exibidos vídeos sobre o respeito ao meio ambiente e nossas campanhas de ação.  Em outro local, eram feitas as pinturas das camisetas e, em outra bancada, a oficina de construção dos fornos solares com materiais reciclados.

Um espaço para fotos também foi montado no ginásio, onde foi possível a interação dos usuários da instituição com as nossas ações, principalmente a campanha “Defenda os Corais”. Foi um enorme sucesso! Todos queriam ser fotografados com a placa “Defenda Os Corais" e com o Bob Esponja.

Pintura de 50 camisetas 
Foi uma tarde de intensa atividade. Mais de 50 camisetas foram pintadas com os logos das nossas campanhas. Os usuários da CAZON construíram três fornos solares com o auxílio dos voluntários do Green. Foram utilizados caixas de papelão e outros materiais reciclados para a construção dos mesmos e, após o término da atividade, os fornos foram doados para a entidade. 

Aproximadamente 70 pessoas estiveram envolvidas nestas atividades. Usuários e educadores participaram ativamente de todas as propostas de ações desenvolvidas pelo grupo de voluntários do Greenpeace de Porto Alegre. Nossos agradecimentos aos funcionários da instituição pelo excelente trabalho de logística que permitiu a realização deste grande evento.

Construção de 3 fornos solares 
Após as atividades da tarde, os voluntários foram conhecer a bela horta mantida na instituição pelos seus usuários. Os educadores Eliane e João mostraram – orgulhosos – o plantio de ervas, legumes, hortaliças e temperos. Tudo muito lindo.


Agradecimentos especiais para a assistente social Eliane Caldas e ao Diretor João Carlos Muller pelo convite e a calorosa acolhida. Sempre é uma grande emoção testemunhar o belo e dedicado trabalho realizado por estes profissionais em prol de seus usuários. 

Abaixo depoimento de voluntários que participaram destas atividades:

Luciele de Souza


"Hoje vivi uma experiência ímpar. 

O centro CAZON FADERS atende um público especial, usuários que, muitas vezes, são encarados como diferentes do convencional. Contudo, hoje puderam nos passar ensinamentos que muitas pessoas do nosso convívio diário não são capazes de fazê-lo. Sua bagagem de conhecimento e intimidade com o meio ambiente deve servir de exemplo para a sociedade. 

Nós, voluntários do Greenpeace Porto Alegre, fomos convidados pelo centro para proporcionarmos oficinas ambientais aos alunos, dentre elas a da confecção de fornos solares, pinturas de camisetas e mostra de vídeos educativos. 

Em contrapartida fomos agraciados com hortas orgânicas, com prenúncios de permacultura e com o aproveitamento de materiais que seriam descartados, como refletores de luz e garrafas pet. Todos  lá separam o lixo produzidos na escola, sendo que os orgânicos são colocados na composteira, igualmente criada pelos usuários da CAZON FADERS. 

Por fim, fomos ainda presenteados com porta velas confeccionadas de material reciclado."

Valdeci de Souza

"Sempre é uma grande emoção realizar qualquer atividade na CAZON/FADERS. Todos são carinhosos e atenciosos com a gente. Os usuários são pessoas bastante participativas e valorizam enormemente nosso trabalho. Aprendemos muito com esta turma pra lá de especial. Sem contar o pessoal administrativo, os educadores e a direção da instituição que nos recebe sempre com muita dedicação.

Tudo é superlativo neste local em termos de afeto e respeito. Falta adjetivos para agradecer o empenho e a dedicação de todos para com o nosso grupo de voluntários. Sempre que convidados, voltaremos. 

Trabalhar com esta galera é show!"


Para acessar o álbum completo de fotos, clique AQUI! 



Texto:  Valdeci C de souza 
Fotos: Valdeci  C de Souza - Anderson Centeno - Reginaldo Porto Alegre
Logística: Luciele de Souza e Denise da S de Souza 

sábado, 11 de novembro de 2017

Ponto Verde no Tecnocesmar



O Grupo de Voluntários do Greenpeace de Porto Alegre participou, na amanhã deste sábado (11.11.17), no evento Tecnocesmar realizado no colégio Marista Irmão Jaime Biazus em Porto Alegre, RS.
Das 8h às 13h os voluntárioss Cinthia, Luciele, Rafael, Denise e Valdeci atenderam os visitantes na barraca do Green passando informações sobre as campanhas "Defenda os Corais da Amazônia", "Pense no Clima" e "Chega de Agrotóxicos".
Na oportunidade, o público era convidado a assinar as petições on line destas campanhas em um notebook disponibilizado e conectado na internet para este fim.
Nossos mascotes, como o macaco Chico, Bob Esponja, e as fantasias de árvore e da baleia fizeram a alegria da garotada e foram muito fotografados. O Bob Esponja até se aventurou no cavalo mecânico para gargalhada geral.
Foi uma manhã bastante produtiva onde foi possível conversar com a comunidade do Bairro Mário Quinta e com os alunos do complexo de ensino Marista.
Nossos agradecimentos ao professor Márcio Marques pelo convite e aos demais professores da instituição pela calorosa acolhida e aos alunos que visitaram nosso estante.

Para acessar o álbum completo de fotos, clique AQUI!

Texto: Valdeci C de Souza
Fotos: Valdeci C de Souza - Denise S. Souza - Rafael Polset, Cinthia Bordini

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Impactos ambientais em Guaíba/RS causados pela fábrica de celulose.

Greenpeace Porto Alegre se solidariza com os cidadãos do Balneário Alegria. Chega de poluição, basta de contaminação!
Em 8 de novembro de 2017 aconteceu a Audiência Pública na Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do RS, por solicitação da Associação de Moradores do Balneário Alegria, Guaíba/RS.

Na sala, lotada pelos moradores vítimas das consequências da ampliação da fábrica de celulose Riograndense,  foram expostos todos os problemas da poluição ambiental e as consequências na saúde e bem-estar das pessoas que residem junto a fábrica.

Mau-cheiro, ardência nos olhos, barulho intermitente 24h/dia, poeira e o aumento dos problemas respiratórios foram alguns dos sintomas relatados e que já evidenciam a perda da qualidade de vida. As promessas de desenvolvimento econômico, à época da instalação da fábrica, também não aconteceram... 

Sem falar na contaminação do ar, da água e do solo, proveniente dos rejeitos dessa indústria, que precisam ser avaliados com urgência!

Nesse importante evento compareceram os Voluntários do Greenpece Porto Alegre (Alice, Emerson, Cínthia, Luciele e Reginaldo) para manifestar seu total apoio a causa desses cidadãos/vítimas e auxiliar na busca de soluções. Reconhecendo-se que o mérito dessa importante reivindicação desbravada pertence a essas valorosas mulheres e homens de Guaíba que estão no seu direito de cobrar das intituições governamentais o respeito a sua dignidade humana, seu bem-estar como indíviduo, que também perpassa pela conservação do meio-ambiente. 


A presença dos ambientalistas técnicos e especialistas da Assembleia Permanente de Entidades em Defesa do Meio Ambiente e Associação dos Amigos do Meio Ambiente, APEDEMA/AMA e da valorosa AGAPAN ampliaram o debate com apontamentos pertinentes para a avaliação dos problemas, bem como para sua solução.

Finda a audiência, ficou o compromisso dos Deputados e do Ministério Público em intemediar a situação entre os moradores e a fábrica. No prazo de 15 dias haverá nova reunião para dar andamento aos encaminhamentos acordados.  Até lá, você também pode ajudar essa causa:

#DignidadeJá Assina e compartilha a petição proposta pelos moradores do Balneário Alegria, para que a VIDA lhes volte a sorrir! ⇒ https://www.obugio.org.br/petitions/cmpc-desenvolvimento-economico-a-que-preco?bucket&source=facebook-share-button&time=1510063178

Mais imagens dessa audiência públicahttps://www.facebook.com/media/set/?set=a.1486410734761333.1073742005.430637863671964&type=1&l=cf8c5446fc

Não se fala em outra coisa! Confira:

Texto: Cínthia Bordini. -  Imagens: Associação dos Moradores do Balneário Alegria